A Paraíba o tempo todo  |

TRE cassa mandatos de prefeita e vice de Mamanguape após compra de voto

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Por 6 votos contra 1, o Tribunal Regional do Estado da Paraíba (TRE-PB) decidiu, nesta quinta-feira (17), cassar o mandato da chapa composta pela prefeita Maria Eunice Pessoa (PSB), prefeita de Mamanguape, e a vice, Baby Helenita (PRTB).

A chapa foi cassada por abuso de poder político e econômico. Conforme a denúncia, a compra de votos teria ocorrido através de ofertas de emprego, combustível, dinheiro em espécie e até cachaça. A prefeita teria praticado compra de votos durante sua campanha eleitoral de 2016.

A prefeita Maria Eunice foi reeleita com 62,90% dos votos nas Eleições 2020 De acordo com a decisão, que ainda cabe recurso, a prefeita e a vice também foram declaradas inelegíveis pelo prazo de oito anos, e foram multadas. Em 2017, elas tiveram os mandatos cassados no primeiro grau, no entanto, cabia recurso e elas continuaram no cargo. Agora, o TRE-PB confirmou a decisão, mas ainda cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Redação

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      226
      Compartilhe