O pleno do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), na sessão ordinária desta sexta-feira (17), julgou procedente, por maioria, a ação declaratória de perda de mandato eletivo do deputado estadual Leonardo de Melo Gadelha, em decorrência de desfiliação partidária sem justa causa.

Segundo o relator do processo, juiz João Ricardo Coelho, os argumentos de grave discriminação do requerente, que justificariam a desfiliação partidária, não foram comprovados.

 

 

TRE-PB

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Apesar de ser só 1 vaga em 2022, Galdino se diz preparado para disputar o Senado

Presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba até janeiro de 2023, o deputado estadual Adriano Galdino (PSB), apesar de não querer antecipar o pleito estadual de 2022, não se intimidou e,…

Nome para sucessão na PMJP deve ser anunciado após o carnaval, diz Cartaxo

Nesta terça-feira (19), o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), bateu o martelo com relação a data em que irá revelar o nome do seu sucessor nas eleições municipais…