O pleno do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), na sessão ordinária desta sexta-feira (17), julgou procedente, por maioria, a ação declaratória de perda de mandato eletivo do deputado estadual Leonardo de Melo Gadelha, em decorrência de desfiliação partidária sem justa causa.

Segundo o relator do processo, juiz João Ricardo Coelho, os argumentos de grave discriminação do requerente, que justificariam a desfiliação partidária, não foram comprovados.

 

 

TRE-PB

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Adesão de Ludgério ao Governo João é inverdade, garante Ivonete

A presidente da Câmara de Municipal de Campina Grande, vereadora Ivonete Ludgério (PSD), afirmou que alguns pré-candidatos da base aliada têm espalhado o que ela chama de “mentiras” contra o…

Opinião: com a soltura de Gilberto Carneiro, prevaleceu o “efeito dominó” jogado pelos bons advogados

A minha pessoa não foi surpreendida com a decisão da ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), em conceder liberdade ao ex-procurador do Estado, Gilberto Carneiro, preso em…