O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba aprovou com ressalvas, na sessão desta sexta-feira (17), as contas de campanha do governador eleito da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB). O relator, João Ricardo Coelho, foi a favor da regularidade do balanço, tendo sido seguido por Newton Vita, Manoel Monteiro, João Batista Barbosa e Carlos Neves.

A juíza federal Niliane Meira Lima foi contra a aprovação e apontou como motivo o fato de terem sido encontrados R$ 38 mil no comitê financeiro do candidato, em Manaíra. Na argumentação, a juizasalientou que o dinheiro, apesar da greve dos bancos, registrada à época, não deveria estar no local e sim ter sido depositado na conta de campanha via "doc".

O Juiz João Batista Barbosa também reconheceu a contestação de Niliane mas afirmou que, para reprovar as contas de Ricardo Coutinho seria necessário saber de datas exatas.

 

Redação

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Julian não assinou lista que alçava filho de Bolsonaro à liderança do PSL

Os áudios polêmicos do deputado federal Julian Lemos e de Jair Bolsonaro, amplamente divulgados na imprensa, além da informação de que o presidente teria uam ‘lista negra’ de traidores e…

Barbosa minimiza possibilidade de mais deputados da base serem citados na Calvário

Após a deputada estadual Estela Bezerra (PSB) ser citada na Operação Calvário e ter colocado seus sigilos bancário, patrimonial e telefônico à disposição da Justiça, para que, segundo ela, tudo…