O Partido dos Trabalhadores, que tem Luciano Cartaxo como vice-governador do Estado, compõe o governo José Maranhão III. Mas isso não foi suficiente para que a prefeita de Pombal, Yasnnaia Pollyanna, do PT, evitasse emitir nota oficial nesta quinta-feira (12) ameaçando acionar o governo do Estado na Justiça caso Maranhão dificulte a municipalização do Hospital Distrital do Município.

Ela criticou informações de que o atual governo iria retardar a municipalização da saúde em Pombal e cobrou que Maranhão faça valer a resolução 553/09. “O Município de Pombal é pleno na gestão do SUS, a Resolução 553/09, que municipaliza o hospital, é legal, legítima e segue o que foi assinado pelo próprio Secretário de Estado da Saúde, portanto, não aceitamos retrocesso e não admitimos o uso de subterfúgios que visam apenas e tão somente procrastinar e protelar um direito do povo de Pombal. Iremos às instâncias que forem necessárias para garantirmos o que é um direito de nosso povo”, diz a prefeita em nota.
 

Na nota, ela deixa claro que O Secretário de Saúde de Pombal, Nelson Calzavara, assegura que a Comissão Intergestores Bipartite, aprovou a municipalização do Hospital Distrital de Pombal no dia 05 de fevereiro de 2009. A municipalização, esclarece Calzavara, “foi aprovada com base na resolução 81/2002 de autoria do atual Secretário de Estado da Saúde, doutor José Maria de França”.

A prefeita apela para o cumprimento da legislação. Pollyana foi um caso raro na eleição municipal de 2008. Ele recebeu apóio de treze partidos e reuniu em seu palanque lideranças políticas de diversas correntes da Paraíba. Entre elas, o então governador Cássio Cunha Lima, do PSDB, o prefeito Ricardo Coutinho, do PSB, e o deputado federal Luiz Couto, presidente do PT paraibano.

No último sábado, ao reafirmar participação no governo Maranhão III, o diretório estadual do PT aprovou moção de apoio à defesa da municipalização do hospital de Pombal.

PB Agora
 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Meta é trabalhar: João diz que ainda não pensou em um possível segundo mandato: “Não é minha meta agora”

Ainda é muito cedo para que o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) possa pensar em uma possível reeleição. Marinheiro de primeira viagem, o gestor exerce o seu primeiro mandato…

Jackson Macêdo é reeleito presidente estadual do PT da PB

A etapa estadual do 7º Congresso Nacional do PT – Lula Livre, definiu novas diretrizes as lutas políticas do Partido dos Trabalhadores na Paraíba (PT/PB). O encontro aconteceu neste sábado…