Por pbagora.com.br

 

O presidente do Senado, José Sarney, disse há pouco em Plenário que decidiu, com apoio da Mesa, extinguir 511 cargos na instituição, que estavam vagos.

-Já estamos colhendo os resultados de organização da Casa, que foram tão solicitados – disse Sarney.

Respondendo ao senador Renato Casagrande (PSB-ES), Sarney confirmou que, atendendo à solicitação de líderes partidários, a Mesa decidiu também abrir exceções a uma decisão anterior, de proibir que parlamentares mantenham funcionários pagos pelo Senado em seus estados.

Sarney disse ainda que todos os senadores receberão cópia do projeto de resolução resultante da sugestão de reforma administrativa apresentada ao Senado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Assim, explicou, eles poderão estudar as mudanças “duas ou três semanas” antes de o projeto ser votado pelo Plenário.
 

Notícias relacionadas

MPPB entra com ação contra vereador de JP e pede R$ 250 mil de indenização

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) ajuizou uma ação civil pública contra o vereador de João Pessoa Tarcísio Jardim (Patriota) e o empresário Marcelo Soares Londres e contra a Academia…

Após confirmar saída do PTB, Wilson Santiago recebe convite de 8 siglas

O deputado federal Wilson Santiago, que foi afastado do comando do PTB da Paraíba por não concordar com posicionamentos da sigla a nível nacional, confirmou que irá sair da sigla…