Embora já tenha manifestado publicamente o desejo de ver a manutenção da aliança entre o PSDB e o PSB, o prefeito Romero Rodrigues, tem deixado a impressão de que não pretende se envolver no pleito de 2014. No entanto, ele já começa a projetar 2014 e vislumbrar um novo cenário político com os tucanos na cabeça da chapa majoritária, o que representaria um rompimento com Ricardo Coutinho.

Romero que já descartou totalmente a possiblidade de disputar algum cargo nas eleições que se aproximam, começou a mudar o discurso e já admite acompanhar decisão de Cássio e Ruy sobre aliança com o PSB.

Para não contrariar o vice-governador Rômulo Gouveia, Romero disse que prefere não se envolver na decisão a ser tomada pelo partido em relação ao futuro. Tirando dos ombros essa responsabilidade ele disse que essa é uma tarefa da direção da legenda, na pessoa do deputado Ruy Carneiro e do senador Cássio Cunha Lima.

– O que eles decidiram eu assino em baixo. Eu estou preferindo me concentrar na questão administrativa – declarou ele.
Romero salientou que questões relacionadas ao processo eleitoral, devem ser discutidas somente ano que vem. Recentemente, o prefeito de Campina Grande e umas das lideranças tucanas na cidade defendeu a manutenção da aliança entre Cássio e Ricardo. Ele afirmou ainda que, a proposta do PSDB é manter a aliança com o governador Ricardo Coutinho.

– Há uma eventual possibilidade de manutenção da aliança com Ricardo. Pra essa manutenção precisa de mais diálogo entre as partes. Mas, não vou entrar nesse debate antecipado- declarou o prefeito.

Por diversas ocasiões Romero enfatizou que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), que é seu primo, não deveria ser candidato em 2014. Romero disse que a boataria sempre começa quando se fala na legibilidade de Cássio ou quando algum caso semelhante ao do primo é julgado e o réu é absolvido.
Como Cássio aparece em primeiro lugar nas recentes pesquisas, Romero deu sinal de que pode voltar atrás, e defender a candidatura própria do tucano.

Os tucanos estão divididos na Paraíba. A ala liderada pelo deputado Ruy Carneiro e pelo senador Cícero Lucena defende a candidatura de Cássio. Já outra corrente, é a favor da manutenção da aliança do PSDB com o PSB de Ricardo Coutinho.

PBAgora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Manoel Jr desiste da disputa pela PMJP e mira Pedras de Fogo

O vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior, atual presidente do Solidariedade na Paraíba, declinou da disputa pela prefeitura da Capital, nas eleições desse ano para voltar todos os seus esforços…

Raíssa Lacerda deixa o PSD e vai para o Avante comandado por Genival Matias

Há tempos demonstrando sua insatisfação com o PSD, legenda que ajudou a fundar na Paraíba, a vereadora Raíssa Lacerda anunciou nessa sexta-feira a sua desfiliação da sigla. Já era sabido…