“Quem entende de corrupção é Manoel Júnior, que teve problemas junto ao Tribunal de Contas do Estado e com convênios realizados com o governo federal, quando foi prefeito de Pedras de Fogo, além de ter sido acusado de envolvimento com grupos de extermínio pelos próprios aliados políticos”, declarou o secretário da Casa Civil, deputado Romero Rodrigues, rebatendo as críticas do deputado federal Manoel Júnior ao governador Cássio Cunha Lima.

Romero lembrou que o governador não está discutindo na justiça eleitoral a cerca de problemas que envolvam corrupção ou improbidade administrativa e enfatizou: “Quem tem a ficha de Manoel Júnior não tem condições morais para acusar ninguém de corrupção, muito menos o governador Cássio Cunha Lima que faz uma administração correta e transparente”.

As declarações de Júnior, que mandou um recado ao PSB do prefeito Ricardo Coutinho dizendo que quem se junta com governador corrupto deve ser considerado como tal, não revoltaram apenas os governistas. Mas o PSB que hoje emitiu nota criticando as declarações do deputado.

Ao defender o governo, Romero arrematou: “Com certeza nas próximas eleições o povo da Paraíba dará uma resposta a Manoel Junior derrotando-o nas urnas até por uma questão de profilaxia moral na política paraibana”.

A resposta do secretário Romero Rodrigues é conseqüência de declarações do deputado Manoel Júnior de que o governador teria sido cassado por corrupção e quem se aliasse a ele numa chapa majoritária para 2010 estaria no mesmo barco.
Na verdade, a acusação que pesa sobre o governador no processo que ainda está em andamento no Tribunal Superior Eleitoral é de uso promocional de um programa de governo.
 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Novo prefeito de Patos diz que vai diminuir distância com o legislativo e que não vai ‘abrir caixa preta’ da gestão anterior

O comando da gestão municipal da morada do sol – Patos, Sertão Paraibano – voltou às mãos de um profissional da saúde. Depois do médico Dinaldinho Wanderley (PSDB), que está…

Análise: Galdino acredita na reconciliação de RC e João, e PSB sabe a importância dos líderes para 2020

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB), deu a senha que aterroriza alguns setores da política paraibana. A real possibilidade do ex-governador Ricardo Coutinho, e seu sucessor,…