Por pbagora.com.br

Com a mudança do calendário eleitoral e a permanência da pandemia do coronavírus, está cada dia mais improvável a realização de mais uma edição do Maior São João do Mundo neste ano. Mas, ainda assim, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigures (PSD) não definiu se o cancelamento da festa esse ano será ‘prego batido e ponta virada’.

Nesta quarta-feira (22), durante entrevista, ele revelou que avalia a possibilidade de neste ano não ocorrer a festa, mas adiantou que o martelo só será batido no próximo mês, após avaliações.

– Estamos estudando. No início deste mês eu tive uma reunião com o diretor da empresa. Combinamos de passar um mês colhendo informações em relação à questão da incidência do coronavírus na cidade. No início de agosto anuncio a decisão se continuo a realizar a festa ou se cancela o evento deste ano – ressaltou.

Ainda em abril Romero chegou a anunciar o adiamento da festa para outubro, todavia, sem um cenário favorável, a expectativa é que os festejos fiquem apenas para 2021.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Confira as seis chapas inscritas para disputar eleição indireta em Bayeux

Seis candidatos deverão disputar a Prefeitura Municipal de Bayeux nas eleições indiretas. O processo foi determinado pela Justiça após a renúncia do prefeito afastado Berg Lima. O pleito acontece no…

Mais prazo: Romero pode deixar só para dia 15 definição sobre escolha em CG

Nem 07 nem 10. Deve ficar para o dia 15 de agosto a definição do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), sobre a escolha do nome do grupo que…