Moído: Rodrigo Soares defende coerência e cobra entrega de cargos de petistas no governo

O presidente do Partido dos Trabalhadores, Rodrigo Soares, voltou a defender a coerência dos petistas que mantêm cargos no Governo do Estado e orientar que os mesmos entreguem os postos.

Além do rompimento nacional entre PT e PSB, Rodrigo Soares justifica a incoerência daqueles que mantêm cargos na gestão de Ricardo Coutinho (PSB), reafirmando candidatura própria para o Governo do Estado e Senado Federal nas eleições do próximo ano. “A partir do bloco PT, PP, PSC, apresentaremos candidaturas próprias ao Governo do Estado e ao Senado Federal”, afirmou.

Ainda segundo Rodrigo Soares, após o Processo de Eleições Diretas no dia 10 de novembro, o Partido dos Trabalhadores dará início às reuniões, construindo um programa de governo, avançando juntamente com os partidos aliados nas sugestões de nomes para compor a chapa majoritária.

Rodrigo Soares explica ainda que a Paraíba quer renovação, mudança, e este bloco é que poderá fazer com que isso aconteça com a experiência nacional em torno do ex-presidente Lula e da presidenta Dilma Rousseff. “Por esta razão, defendemos com muita veemência, clareza e transparência, que nenhum filiado do PT deverá continuar participando dos quadros do Governo do Estado”, concluiu o presidente do PT paraibano

 

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Senado discute reforma tributária e Aguinaldo deve apresentar relatório até 08/10

O Senado começa a discutir a reforma tributária nesta segunda-feira (19), quando a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) realiza audiência pública com especialistas no assunto. A reunião foi  solicitada…

Estela quer RC no comando do PSB/PB “Não vejo como alguém pode ser contra”

A deputada socialista Estela Bezerra disse que vai continuar defendendo o seu ponto de vista em relação à saída do secretário Edvaldo Rosas da presidência estadual do PSB na Paraíba.…