O mandato do senador Roberto Cavalcanti (PRB-PB), que oficialmente termina em 2010, está na mira do PSDB nacional. Uma reunião esta semana, em Brasília, definirá os rumos que a legenda vai adotar para expulsá-lo do Senado Federal. Uma das principais bandeiras: os processos aos quais Cavalcanti responde não são anteriores à posse dele na Casa, mas continuam em curso

Roberto Cavalcanti será, inclusive, adotado como um dos “cases” do PSDB na Comissão Mista criada no Senado Federal e na Câmara dos Deputados para tratar da Reforma Politica. Os trabalhos da nova comissão têm início esta semana.

Assumindo a postura de algoz do mandato de Roberto Cavalcanti, o senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) já tem uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) inspi

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João Azevêdo diz não ver problema em conversar com Cartaxo

O governador João Azevêdo (Cidadania) em contato com a imprensa nesta segunda-feira (17) falou a respeito de uma possível conversa com o prefeito da Capital, Luciano Cartaxo (PV) visando as…

Aliado revela estado emocional de RC antes de ser julgado no STJ

Nesta terça-feira (18), a 6ª turma do Superior Tribunal de Justiça deve julgar o recurso do Ministério Público Federal que pode mandar de volta para a prisão o ex-governador Ricardo…