Por pbagora.com.br

Alguém tem que ceder. A frase que virou título de filme está sendo vivenciada atualmente pelos deputados do PMDB na Assembleia Legislativa da Paraíba, que iniciaram uma discussão para saber quem será o primeiro a pedir licença na Casa para beneficiar a primeira suplente Olenka Maranhão (PMDB).

Segundo o deputado estadual Raniery Paulino, do PMDB, os deputados estão discutindo como se dará o rodízio para beneficiar a suplente, no intuito de decidir quem será o primeiro a abrir mão do mandato. mesmo que temporariamente.

Além dele, podem abrir o rodízio de licenças os deputados Trócolli Junior, Nabor Wanderley e Gervásio Maia, que compõem a bancada peemedebista na Casa.

“Todos os quatro deputados reconhecem a importância da deputada Olenka. É só uma questão de quem será o primeiro a ceder o espaço para que ela entre”, disse.

Raniery, todavia, negou que a ex-parlamentar estivesse pressionando os titulares de mandato. “Em nenhum momento ela pressionou a bancada. Não falou nada. Teve sempre um respeito muito grande pelos parlamentares que estão atuando. Isso também é algo a se salientar”, destacou.

Nos bastidores a informação é de que o senador José Maranhão (PMDB) cobra um posicionamento dos parlamentares sobre a licença. Caso Olenka assuma, ela será a quinta suplente no exercício do mandato.

Atualmente quatro suplentes exercem o mandato, são eles:

Hervázio Bezerra, no lugar de Lindolfo Pires.

Antonio Mineral, no lugar de Ricardo Marcelo.

Jullys Roberto, no lugar de José Aldemir.

Charles Camaranes, no lugar de Tião Gomes.

 



PB Agora

Notícias relacionadas

Pesquisador paraibano analisa efeito do fim das coligações proporcionais que deve extinguir partidos pequenos

As eleições municipais do ano passado marcaram o fim das coligações entre partidos para a escolha dos vereadores. A medida, estabelecida pela emenda constitucional 97/2017, enfraqueceu e até representar o…