O deputado estadual Flaviano Quinto (PMDB) está preparando uma conferência das cidades que fazem parte da região metropolitana de João Pessoa para discutir a integração dos transportes públicos com bilhetagem única. Segundo o deputado, cerca de 80% da população paraibana reside hoje em áreas urbanas e a maioria depende do transporte público para efetuar seus deslocamentos e que a cada dia está mais difícil e longe de uma solução, com alta tendência de crescimento dos congestionamentos, das perdas de tempo, da poluição atmosférica e sonora, dos acidentes, do consumo energético, entre outros malefícios.

Para o deputado, a região metropolitana de João pessoa vem apresentando um sistema de transporte desorganizados e deficientes, principalmente em virtude das ocupações desordenadas e dos usos indevidos do solo urbano, cujas regras e leis para combater tais ações não são cumpridas, assim como são ignoradas as normas federais, estaduais e municipais para estruturação dos sistemas de transporte.

“Muito se tem falado, mas quase nada é feito para reorganizar a Região Metropolitana de João Pessoa e criar uma instância administrativa que englobe os municípios que a integram. O tempo passa, os problemas crescem de maneira assustadora e os municípios se vêem cada vez mais incapazes de resolvê-los isoladamente.” Avisou Quinto.

O deputado alerta que os municípios estão conurbados ou colados uns aos outros e, por isso, precisam estabelecer políticas compartilhadas. Não bastam ações comuns entre dois ou mais municípios. É urgente a integração de todos, em especial com ações do governo do Estado e a sociedade civil e, secundariamente, com o governo Federal.

Para Quinto, a integração dos ônibus das cidades da região metropolitana com os da capital, servirá para minimizar os efeitos do caos urbano na região. Segundo o parlamentar a solução para a situação caótica do trânsito em nosso estado, é justamente a implantação da integração da área metropolitana, oferecendo acesso aos ônibus das cidades de Santa Rita, Bayeux, Cabedelo e Conde ao terminal que já existe no centro da capital, dando condições para que os usuários das referidas cidades, tenham acesso fácil, rápido e com apenas uma passagem aos bairros de João Pessoa.

Clilson Júnior

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Faz parte do processo democrático”, diz coordenador do Gaeco sobre liberdade de RC

O promotor Octávio Paulo Neto, coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) na Paraíba, comentou a recente decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que…

Direção do Cidadania em JP prevê partido com cinco cadeiras na CMJP em 2021

Atual presidente municipal do Cidadania em João Pessoa, o vereador Bruno Farias admitiu, durante entrevista a imprensa pessoense que seu partido que conta com a recém-filiação do governador João Azevêdo,…