De tempos em tempos algum deputado estadual surge com a ideia de defender o voto aberto em plenário, seja qual for o projeto em pauta. Em muitos casos, a intenção é puxar o tapete do grupo oposto, contrariar os interesses dos adversários. Em outros, há o genuíno interesse na transparência do voto.

    Seja qual for o motivo que move esse deputados, é hora de pegar na palavra. É isso mesmo, voto tem que ser aberto. Ou alguém tem medo de expor sua opinião? Se tem medo, tem algo a esconder. E se tem a esconder, é porque as intenções não são lá muito boas.

    Se alguns se sentem contrariados com isso, azar. Os eleitores dos diversos partidos ou grupos representados com certeza estão ansiosos por essa transparência total em plenário. Querem saber como votam os seus deputados, querem entender porque muitas vezes contrariam seus discursos e votam de outra maneira – o que os move para mudanças de opinião repentinas?

    Voto tem que ser aberto mesmo. Ainda que os contrariados considerem isso “um golpe”, “uma manobra”. Seja lá que nome for dado, o voto aberto é a forma mais límpida de mostrar as vísceras do poder legislativo, de desnudar os conchavos, as negociatas e de evitar mais corrupção.

    Chega de tanta enrolação! Chega de enganar o eleitor com discursos bonitos e inócuos. Nós, eleitores, queremos saber tudo, tudo mesmo, sobre o trabalho dos nossos representantes na Assembleia Legislativa. Queremos saber porque o deputado X votou assim e não assado, saber até que ponto seus interesses particulares são mais importantes do que os da população. Ninguém, em são consciência política, deveria ser contra o voto aberto. E nós, eleitores, deveríamos exigir isso o mais breve possível.

    Voto aberto é tudo de bom.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Governador confirma planejamento para retomada da economia e ‘novo normal’

O Governo da Paraíba iniciou os estudos para implantar o ‘novo normal’ no Estado para a retomada econômica no pós-pandemia. A informação foi revelada pelo governador João Azevêdo (Cidadania), em…

Prefeitos paraibanos defendem eleições unificadas em 2022

Nesta terça-feira (26), a Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), a Confederação Nacional de Municípios (CNM), o Movimento Mulheres Municipalistas (MMM), as associações microrregionais de municípios, prefeitos e…