A Paraíba o tempo todo  |

PSDB-PB vira empecilho para federação com Cidadania nos estados

O plano de uma aliança nacional entre PSDB e Cidadania pode ir de água a baixo, se depender da Paraíba. O presidente dos partido tucano no estado, Pedro Cunha Lima, já garantiu que a silga permanecerá na oposição ao projeto de reeleição do governador João Azevêdo (Cidadania).

A deputada estadual Camila Toscano, do PSDB, foi mais uma integrante da legenda a garantir que permanecerá no lado oposto a João. A parlamentar negou que tenha ocorrido qualquer movimento de traição do PSDB com relação ao ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues. Em entrevista concedida à emissora de rádio de João Pessoa, Camila afirmou que o PSDB mantém o apoio a Romero caso ele decida ser candidato.

Porém, na possibilidade de Romero declinar da disputa pelo Executivo estadual, segundo Camila, caberá ao PSDB reunir a oposição no estado para definir um novo nome para representar o grupo nas Eleições de 2022. “Diante de toda especulação, nós fizemos uma reunião para definir o que eu já entendia, que o PSDB permanece, sob qualquer hipótese, na oposição na Paraíba, até porque não há nenhuma razão para nenhuma mudança de lado do partido e isso ficou claro nesta reunião”, garantiu a deputada.

PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe