Por pbagora.com.br

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5794/09, do deputado Inocêncio Oliveira (PR-PE), que proíbe as concessionárias públicas de cortarem serviços, por inadimplência do consumidor, nos feriados nacionais e nos fins de semana. Segundo o texto, o corte poderá ser feito somente a partir do primeiro dia útil seguinte ao vencimento do prazo de aviso prévio de interrupção do fornecimento.

O deputado considera que, embora o pagamento em dia das dívidas seja uma obrigação de todos, o usufruto dos serviços públicos, como luz e telefone, é um direito dos cidadãos. Além disso, ele observa que, na maioria das vezes, são serviços essenciais. “Chegam a ser acintosos os cortes nos feriados e nos fins de semana, quando os bancos e os escritórios das concessionárias não funcionam, pois os consumidores em atraso ficam impedidos de pagar as suas dívidas ou de negociar parcelamentos”, argumenta o parlamentar.

De acordo com ele, esse tipo de situação é vexatória para o consumidor e sua família e causa constrangimento junto à comunidade.

Tramitação

O projeto será examinado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) e pelo Plenário da Câmara.
 

 

Agência Câmara

Notícias relacionadas

Adversários em 2020, Ruy vê com naturalidade chegada de Nilvan ao PSDB

O deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) vê com bons olhos a chegada de Nilvan Ferreira (MDB) ao ninho tucano na Paraíba. A notícia da possível filiação do comunicador à legenda…

Prefeitura de Campina planeja uma grande recepção para Juliette

O resultado que levou a campinense Juliette Freire a ser a primeira campeã paraibana, em 21 edições, do reality show de maior audiência no país, o Big Brother Brasil (BBB),…