A Paraíba o tempo todo  |

Pressionado dentro da própria bancada, Gervásio Filho cogitou hoje entregar liderança ao governador

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O deputado Gervásio Maia Filho, líder do Governo na Assembléia Legislativa, chegou casa do governador José Maranhão, no Altiplano, na manhã desta quinta-feira, disposto a ter uma dura conversa com seu chefe político. Bastante pressionado pelos colegas da base de sustentação do governo na Casa, Gervásio cogitou entregar o cargo da liderança, caso os pleitos mais elementares dos parlamentares não passassem a ser atendidos pelo Palácio da Redenção.

Sem tentar esboçar serenidade ou colocar panos quentes na crise interna na bancada, Gervásio Filho admitiu para a imprensa de que o tom da reunião, de sua parte e dos deputados, seria de “cobrança” ao governador Maranhão. A leitura do recado foi facilitada pela explicação do próprio líder do Governo: “São muitos os casos em que muitas nomeações no interior não estão cumprindo o padrão mais elementar: os integrantes da base aliada indicam os nomes de acordo com as demandas.

Segundo Gervásio Filho confidenciou a amigos, pessoalmente, ele também tinha suas queixas para apresentar perante o governador. Até então, vem se sentindo muito desprestigiado e, segundo ele, se é para manter o nível de tratamento que vem recebendo até o momento do governo, melhor sair da liderança e apenas compor a base governista na Assembléia, como um a mais.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe