A Paraíba o tempo todo  |

Presidente do TSE lamenta morte de Clodovil

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Carlos Ayres Britto, lamentou nesta terça-feira (17), a morte do deputado federal Clodovil Hernandes (PR-SP), vítima de um acidente vascular cerebral (AVC). Em nome dos demais integrantes da Corte, o ministro disse que fará chegar à família do deputado os votos de condolências da Justiça Eleitoral.

O ministro Carlos Ayres Britto lembrou que o deputado Clodovil Hernandes esteve no plenário do TSE no dia 12 de março, quando, por unanimidade de votos, os ministros mantiveram o mandato do deputado, ao considerar que o parlamentar se desfiliou do Partido Trabalhista Cristão (PTC) em setembro de 2007 por motivo justo, por sofrer grave discriminação pessoal dentro da legenda.

O presidente do TSE disse que Clodovil Hernandes “era um neófito na política, mas obteve uma esplêndida, consagradora, votação na sua estréia eleitoral, como candidato a deputado federal por São Paulo, e se revelou mesmo um fenômeno como candidato ao cargo”.

 

TSE

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe