Por pbagora.com.br

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Carlos Ayres Britto, lamentou nesta terça-feira (17), a morte do deputado federal Clodovil Hernandes (PR-SP), vítima de um acidente vascular cerebral (AVC). Em nome dos demais integrantes da Corte, o ministro disse que fará chegar à família do deputado os votos de condolências da Justiça Eleitoral.

O ministro Carlos Ayres Britto lembrou que o deputado Clodovil Hernandes esteve no plenário do TSE no dia 12 de março, quando, por unanimidade de votos, os ministros mantiveram o mandato do deputado, ao considerar que o parlamentar se desfiliou do Partido Trabalhista Cristão (PTC) em setembro de 2007 por motivo justo, por sofrer grave discriminação pessoal dentro da legenda.

O presidente do TSE disse que Clodovil Hernandes “era um neófito na política, mas obteve uma esplêndida, consagradora, votação na sua estréia eleitoral, como candidato a deputado federal por São Paulo, e se revelou mesmo um fenômeno como candidato ao cargo”.

 

TSE

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Eleições 2020: PMCG tem pelo menos dez pré-candidaturas no páreo

A menos de três meses das eleições, a disputa pela prefeitura de Campina Grande já conta com pelo menos dez pré-candidaturas à sucessão municipal, mas nem todas  deverão se viabilizar…

Felipe Leitão entra na briga para ocupar vaga que era de Genival na Mesa da ALPB

O deputado estadual Felipe Leitão (Avante) entrou na briga para ocupar a vaga na Mesa Diretora que era do deputado estadual Genival Matias (Avante), que morreu no mês passado, após…