Por pbagora.com.br

Presidente do PT ignora presença de Nonato na PMJP e inclui PPS no volume morto da política

As alianças para o próximo pleito estão se consolidando e o PT parece que não vai querer mais se aliar com o partido do vice-prefeito de João Pessoa, Nonato Bandeira, o PPS.

Apesar da legenda de Nonato ter ajudado na eleição do prefeito da Capital, Luciano Cartaxo (PT), para 2014 parece que o PT deve ‘cuspir no prato que comeu’, pelo menos foi o que deixou transparecer o presidente do PT, Charliton Machado, em postagem nas redes sociais.

 

Em uma publicação no facebook, Charliton ignora a presença do PPS na gestão petista e  incllui o PPS como peso morto da política. Ele diz que ‘estava na hora de sepultar o volume morto da política brasileira’ e citou o PPS no pacote que inclui PSDB de Cássio e o DEM de Efraim Morais.

Se há uma crise entre PPS e PT ainda não se sabe. O que se sabe é que Nonato Bandeira disputará um mandato de deputado estadual nas eleições deste ano e, talvez, queira se desvencilhar, o quanto antes, do contato com os petistas também.

Até agora o vice prefeito de João Pessoa, que preside o PPS no Estado, não se manifestou sobre a postagem do dirigente do PT

 

Confira a publicação:

 

""

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Senado define presidente, vice e relator da CPI da Covid-19; veja quem são

Um acordo entre parlamentares que vão compor a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia no Senado, responsável por investigar as ações do governo federal e o uso de verbas…

Opinião: Lava Jato só serviu para pôr a extrema-direita no Poder e quebrar o Brasil

Para melhor avaliar o estrago que foi a Lava Jato, basta que se observe o que era o Brasil antes e depois de instituída esta Operação. Tanto do ponto de…