O presidente da Executiva Estadual do PPS, José Bernardino, em entrevista ao PB Agora, na tarde desta quarta-feira, mandou um claro recado para os deputados do partido na Assembléia Legislativa: a Resolução da sigla de oposição ao Governo Maranhão III terá de ser rigorosamente cumprida, sob pena de uma convocação aos parlamentares que contrariarem a determinação partidária.

A bancada do PPS na Assembléia Legislativa da Paraíba é formada por dois deputados: Nivaldo Manoel e Socorro Marques. Ambos vêm sendo abordados pela bancada de situação, segundo eles próprios já assumiram perante a direção do partido.

O deputado Nivaldo Manoel é o que tem sido mais claramente favorável a uma guinada rumo ao Palácio da Redenção. A última entrevista dele à imprensa, notadamente ao site PARAÍBA, Manoel chegou a afirmar que “não sabe ficar longe de quem governa” e que não aderiu ao governo Maranhão “ainda”.

Para o presidente José Bernardino, não há o que tergiversar em relação à resolução. “A depender do comportamento do deputado, ele será chamado para uma conversa com a Executiva do partido”, avisou Bernardino, que ocupa no momento a Superintendência da Guarda Municipal de João Pessoa.  É um dos entusiastas da campanha a governador do prefeito Ricardo Coutinho (PSB).

 PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Gaeco denuncia RC e mais seis por desvio de dinheiro em obra do Canal 40

O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco ), do Ministério Público da Paraíba (MPPB), através da Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e à Improbidade Administrativa…

Pré-candidato à PMJP, Virgulino se coloca como único representante da direita

Disposto a entrar na disputa pela Prefeitura Municipal de João Pessoa, o deputado estadual Wallber Virgolino acredita ainda na possibilidade de colher efeitos trazidos pela onda de direita levantada em…