APROPRIÇÃO INDÉBITA – O vereador da cidade de Santa Rita Olavo Martins (PMDB), revelou ao PB Agora que busca uma explicação urgente do atual presidente da Câmara de Santa Rita, empresário do ramo de supermercados Ednaldo do Edilicya, sobre o destino dos 50% retidos da folha da câmara de Santa Rita.

Segundo o vereador, até agora não houve nenhuma explicação no atraso da folha dos funcionários, já que não se sabe o destino e como foi utilizada a totalidade do duodécimo, transferido no último dia 20 de janeiro, que foi de R$ 280 mil.

Para Olavo de Baleia isso é algo muito estranho: “Trata-se de crime previsto no Código Penal. O artigo 168 descreve isso como crime de apropriação indébita. Eu só sei que as prateleiras do supermercado dele estão abarrotadas”, ironizou vereador Olavo de “Baleia” Martins.

O salário bruto de um parlamentar no município de Santa Rita é hoje R$ 6.192,00.

 

Clilson Júnior
PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PBPrev: Eduardo Carneiro anuncia canal para servidores sugerirem emendas

O deputado Eduardo Carneiro inovou e colocou à disposição dos paraibanos um canal de comunicação para que sejam sugeridas emendas à PEC que trata sobre a reforma da Previdência na…

Aguinaldo destaca relação respeitosa com João, mas descarta parceria política

O deputado federal e líder da maioria na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP), não acredita na proximidade do seu grupo político com o do governador da Paraíba, João Azevêdo (sem partido)…