O prefeito de Ipatinga (MG), Sebastião Quintão (PMDB), foi cassado pela Justiça Eleitoral por abuso de poder político, econômico e prestação de contas rejeitadas. A decisão foi tomada na sexta-feira (27) e no mesmo dia o presidente da Câmara de Vereadores, Robson Gomes, assumiu o cargo.

Quintão foi prefeito da cidade entre 2004 e 2008 e não foi reeleito em outubro, perdendo a eleição para Chico Ferramenta (PT). O petista, no entanto, teve a candidatura indeferida e a Justiça Eleitoral determinou a posse do segundo colocado, Sebastião Quintão.

A coligação que elegeu o prefeito cassado, Sebastião Quintão, informou que vai recorrer da decisão.

Apesar de ainda caber recurso, a Justiça determinou a posse do presidente da Câmara, que foi realizada ainda na sexta.

 

G1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Nabor defende união de forças da classe política após renúncia de prefeito de Patos

Após a renúncia ao cargo de prefeito pelo interino Sales Júnior, no município de Patos, o deputado estadual Nabor Wanderley destacou a necessidade de união em prol da cidade. Sales…

Sem acordo com PMJP, Guarda Municipal deve cruzar os braços

A Guarda Municipal de João Pessoa realizou, nesta quarta-feira (21) uma paralisação em protesto contra a falta de diálogo da administração municipal em relação a negociação salarial, João Pessoa paga…