O prefeito de Ipatinga (MG), Sebastião Quintão (PMDB), foi cassado pela Justiça Eleitoral por abuso de poder político, econômico e prestação de contas rejeitadas. A decisão foi tomada na sexta-feira (27) e no mesmo dia o presidente da Câmara de Vereadores, Robson Gomes, assumiu o cargo.

Quintão foi prefeito da cidade entre 2004 e 2008 e não foi reeleito em outubro, perdendo a eleição para Chico Ferramenta (PT). O petista, no entanto, teve a candidatura indeferida e a Justiça Eleitoral determinou a posse do segundo colocado, Sebastião Quintão.

A coligação que elegeu o prefeito cassado, Sebastião Quintão, informou que vai recorrer da decisão.

Apesar de ainda caber recurso, a Justiça determinou a posse do presidente da Câmara, que foi realizada ainda na sexta.

 

G1

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: 3ª cidade mais rica da PB, Cabedelo apresenta cenário de miséria com renda per capita de meio salário mínimo

O município de Cabedelo tem aproximadamente 68 mil habitantes, dos quais 39.2% da população recebe, apenas, um rendimento médio de meio salário mínimo por pessoa a cada domicílio, segundo dados…

Cícero Lucena revela que cogitou disputar Prefeitura de João Pessoa

Longe da política, o ex-senador da Paraíba, Cícero Lucena (PP), revelou em entrevista que cogitou a possibilidade de retornar à vida pública, após deixar o PSDB e filiar-se ao Partido…