Por pbagora.com.br

A Executiva estadual do PSB decidiu se posicionar contrariamente à nomeação do deputado Guilherme Almeida (PSB) para o governo Maranhão III, permitindo a abertura de uma vaga na Assembléia para Nadja Palitot (PSB), adversária política do prefeito Ricardo Coutinho (PSB). A tese foi aprovada por 15 votos contra três. Votaram a favor da nomeação, alegando prestígio para o partido, os deputados Manoel Júnior e Carlos Batinga, além de Neto Franca. 

A votação aconteceu depois de três horas de reunião da Executiva, realizada na noite desta quarta (25).  A decisão se baseia em resolução assinada pelas lideranças do partido em novembro de 2008, quando da primeira decisão da cassação do governador Cássio Cunha Lima (PSDB), em que nenhum deputado iria assumir cargo no governo Maranhão III para não permitir que Nadja assumisse.

A Executiva estadual vai divulgar nesta quinta-feira uma nota oficial, anunciando inclusive os efeitos que poderá sofrer o deputado Guilherme Almeida em caso de eventual descumprimento.

O deputado Manoel Júnior defendeu a tese de que o objetivo de convocar Guilherme Almeida (PSB) para assumir a Secretaria de Interiorização do Governo em Campina Grande é preparar o deputado para suceder o prefeito Veneziano Vital do Rego (PMDB) em 2012. Filiados do partido mais ligados ao prefeito Ricardo Coutinho continuaram achando a nomeação um desrespeito aos projetos da legenda. 

Partidários de Ricardo Coutinho se revoltaram com a convocação de Guilherme Almeida e cobraram fidelidade partidária. O parlamentar, no entanto, recebeu a solidariedade dos deputados federais Manoel Júnior e Marcondes Gadelha, ambos do PSB.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João Azevêdo destaca avanço na relação institucional com governo federal

O governador João Azevêdo (Cidadania) se pronunciou após o elogio público do vice-presidente da República Hamilton Mourão (PRTB) em mensagem, divulgada nesta quarta-feira (23), e fez questão de deixar claro…

Cícero destaca posse de Diego Tavares no Senado: “JP só tem a ganhar”

Após a decisão da senadora, Daniella Ribeiro (Progressistas) de pedir licença por quatro meses, a partir desta quarta-feira (23), quem assume é o 1º suplente, Diego Tavares, mesmo partido. Para…