A Paraíba o tempo todo  |

Politizado, Ronaldo quer saber propostas de candidatos ao esporte

Enquanto o País se envolve com as eleições presidenciais, o jogador Ronaldo tenta fazer sua parte para a classe dos jogadores de futebol. Por isso, segundo ele, houve um jantar em sua casa com o candidato à presidência José Serra (PSDB) ainda durante o primeiro turno do pleito. Nesta quinta-feira (14), ele lamentou que o mesmo não possa ocorrer com a petista Dilma Rousseff, candidata presidenciável, e brincou sobre a possibilidade de ser ministro dos Esportes.

"Reuni alguns companheiros do clube, e dos outros clubes, e ofereci um jantar ao Serra no qual fizemos uma mini sabatina com ele e foi ótimo, porque respondeu todas dúvidas sobre o esporte, projetos futuros para nossa classe e foi incrível. Tentamos com a Marina e a Dilma, mas sou compreensivo porque a agenda em campanha é feita com muita antecedência", afirmou. Ronaldo confirmou que também tentou novamente falar com a candidata petista.

"Compreendo que não tenha sido possível fazer esse tipo de reunião. Tinha reforçado o convite para a Dilma nesse segundo turno, mas como vocês podem ver a campanha está pegando fogo para os dois lados e não vai acontecer o jantar", disse, negando predileção por algum dos candidatos. "Não apoiei ninguém, não deixei claro o meu voto e só queria mesmo era saber os projetos para a minha classe".

Em seguida, Ronaldo mostrou conhecimento de causa e defendeu mais apoio aos jogadores de futebol. "Apesar de todos acharem que é uma classe favorecida, é abandonada. Somente 3% dos profissionais ganham acima de R$ 10 mil. Com certeza, na média a classe de vocês (jornalistas) ganha mais".

Enfim questionado se toparia repetir Zico e Pelé, que foram ministros do Esporte, ele pensou por alguns instantes e negou, de bom humor. "Não toparia. Pensei por um segundo e voltei correndo para cá (para ser jogador). Seria um cargo interessante porque seria técnico e não político e eu poderia ajudar o esporte no Brasil. Quantos dias tem que trabalhar ministro? Tem que ver isso", respondeu antes de rir bastante.

A respeito do futuro, aliás, ele reafirmou a possibilidade de ter algum cargo como embaixador do Corinthians após pendurar as chuteiras. "Vou terminar minha carreira e depois vejo sobre isso. Certamente estarei ligado ao clube por toda minha vida porque está sendo maravilhoso estar aqui", disse. Ronaldo também confirmou novamente que pretende jogar até o fim do próximo ano.
 

Terra

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe