Peemedebista põe em xeque a participação da legenda no blocão e faz reflexão: “Alguém ganha eleição sem alianças?”

O vereador Fernando Milanez (PMDB) colocou em xeque a estratégia do blocão para sua legenda o PMDB e se é possível unir as oposições desde o primeiro turno das eleições 2014.

O parlamentar indagou se alguém ganha eleição sem alianças e que o PMDB pode enfim testar sua força nas urnas fazendo parte do bloco político de oposições.

“O que é blocão? O que é unidade? O PMDB sozinho ganharia uma eleição? Alguém ganha uma eleição sem alianças? Então para que nós possamos ser fortalecidos e testados como a maior legenda do Estado nós temos que nos prestar a fazer parte do blocão”, destacou.

Milanez é contra a imposição do nome de um pré-candidato para o blocão, mas disse que através do diálogo se pode convencer os demais membros de que o nome do PMDB é o melhor para liderar as oposições na Paraíba e não sair do combate antes de finalizá-lo.

“Temos que convencer os companheiros do blocão se for o caso que nos temos o melhor candidato. Não basta a minha palavra. Blocão quer dizer unidade, é o projeto de unir e se é assim não se pode impor um candidato e se não quiser eu vou embora”.
Liderança peemedebista da Capital põe em xeque a participação da legenda no blocão e faz indagação: “Alguém ganha eleição sem alianças?”

O vereador Fernando Milanez (PMDB) colocou em xeque a estratégia do blocão para sua legenda o PMDB e se é possível unir as oposições desde o primeiro turno das eleições 2014.

O parlamentar indagou se alguém ganha eleição sem alianças e que o PMDB pode enfim testar sua força nas urnas fazendo parte do bloco político de oposições.

“O que é blocão? O que é unidade? O PMDB sozinho ganharia uma eleição? Alguém ganha uma eleição sem alianças? Então para que nós possamos ser fortalecidos e testados como a maior legenda do Estado nós temos que nos prestar a fazer parte do blocão”, destacou.

Milanez é contra a imposição do nome de um pré-candidato para o blocão, mas disse que através do diálogo se pode convencer os demais membros de que o nome do PMDB é o melhor para liderar as oposições na Paraíba e não sair do combate antes de finalizá-lo.

“Temos que convencer os companheiros do blocão se for o caso que nos temos o melhor candidato. Não basta a minha palavra. Blocão quer dizer unidade, é o projeto de unir e se é assim não se pode impor um candidato e se não quiser eu vou embora”.



Vanessa de Melo

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: o Brasil está à beira de uma guerra civil, cujo ódio é ‘plantado’ por Bolsonaro que usa o povo como pólvora

A tarde já findava. Precisei ir à farmácia, mesmo com certo cansaço em decorrência do corpo debilitado pela Covid-19. Embora os sintomas tenham cessado, o corpo ainda está debilitado. Pois…

João diz que não está preocupado com eleições: “Prioridade é salvar vidas”

O governador João Azevêdo disse, agora há pouco, antecedendo a Live que fará às 18h00 deste domingo em seus canais nas redes sociais, quando irá detalhar os novos decretos e…