Por pbagora.com.br

Após o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, sair em defesa do voto impresso auditável, o PDT da Paraíba, através do presidente Renato Feliciano, fez coro à direção nacional e declarou que irá participar da campanha pela nova modalidade de voto. A intenção de Feliciano foi revelada em entrevista ao programa ‘Arapuan Verdade’, na tarde desta sexta-feira (28).

“Vamos disseminar não só nas redes sociais, mas também ligando e conversando com os nossos companheiros e correligionários, com toda a segurança pela questão da pandemia. Vamos explicar e divulgar para os nossos correligionários e, principalmente, para a população a importância que tem o voto impresso”, garantiu.

A defesa do PDT pelo voto impresso auditável gerou polêmica por ser uma pauta, também, do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Carlos Lupi se defendeu dizendo que a proposta já era defendida anteriormente pelo fundador do PDT, Leonel Brizola.

A proposta tramita no Senado e funcionaria com a urna eletrônica gerando um comprovante, após o voto de cada eleitor, que iria diretamente para uma urna lacrada, que poderia ser aberta posteriormente para recontagem.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), Joás de Brito, é contra a proposta alegando que vai gerar custos bilionários e pode trazer mais suspeição do que confiança ao processo.

 

Da Redação

Notícias relacionadas

Ricardo Barbosa assume comando da Unale com licença da presidente

O deputado estadual Ricardo Barbosa tomou posse, na última quarta-feira (9), como presidente interino da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale). O parlamentar é o vice-presidente da entidade…

Aguinaldo Ribeiro recebe prefeitos de Tacima e Conde e reforça parceria

O deputado federal e líder da Maioria no Congresso, Aguinaldo Ribeiro (Progressistas), recebeu nessa sexta-feira (11) a visita de gestores municipais paraibanos no intuito de debater parcerias e traçar melhorias…