A Paraíba o tempo todo  |

Paraibano apontado como ‘cabeça’ do ‘Gabinete do Ódio’ deve ser candidato na PB, adianta Bolsonaro

O paraibano Tercio Arnaud Tomaz, apontado pela mídia nacional como um dos ‘cabeças’ do chamado ‘Gabinete do Ódio’, deve ser candidato ano que vem com o apoio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

A informação foi confirmada pelo próprio presidente, durante entrevista à Rádio Correio FM, nessa terça-feira (23).

“Eu tenho um garoto aqui que trabalha comigo, que é de Campina Grande, deve ir candidato pela Paraíba”, disse.

Tercio é assessor especial da Presidência da República e recebe, atualmente, salário de mais ou menos R$ 13 mil.

Da Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe