A Paraíba o tempo todo  |

“Ou soma ou vamos perder a eleição”, diz Moacir ao defender a necessidade de pluralidade de apoios para Romero, em 2022

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Integrante do seleto grupo que se autodenomina como “bolsoarista raiz” na Paraíba, o deputado estadual Moacir Rodrigues (PSL) que é irmão do pré-candidato a governador Romero Rodrigues (PSD), que recentmeente saiu em defesa de uma espécie de desvinculação do palanque estadual das oposições na Paraíba, do palanque nacional.

“Ou soma ou vamos perder a eleição. A direita não tem força para vencer sozinha”, disse Moacir, ele é defensor da reeleição de Bolsonaro, mas acredita que para vencer, é necessário adotar a pluralidade de apoios para a presidência da República nas eleições do próximo ano.

Moacir, assim como Ruy Carneiro, do PSDB, tem defendido que haja espaço para mais de um candidato a presidente no palanque das oposições no próximo ano. O deputado estadual chegou a afirmar, em entrevista repercutida ontem (21), que o seu irmão integra um partido de centro e, portanto, pende tanto para a direita quanto para a esquerda.

“Romero e Ruy são de centro e tanto faz, o pêndulo vai para os dois lados. Romero é amigo do presidente Jair Bolsonaro, mas a eleição é soma. Tem que somar. É importante para as oposições da Paraíba o apoio, por exemplo, de Luciano Cartaxo. Ele apoia Lula para presidente, mas disse que a simpatia para candidato a governador é por Romero”, revelou.

Redação

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe