O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ordenou no sábado que o Tesouro inicie a implementação dos cortes de impostos para 95 por cento dos norte-americanos, cumprindo uma promessa de campanha que ele espera venha a ajudar na saída da economia da recessão.

Os cortes de impostos são parte do pacote de estímulo de 787 bilhões de dólares aprovado pelo Congresso, controlado pelos democratas. O objetivo é colocar mais dinheiro no bolso dos consumidores e estimular a economia pelo aumento de seus gastos.

– Fico satisfeito em anunciar que esta manhã o Departamento do Tesouro iniciou a orientar os empregadores e reduzir o montante de impostos descontados de seus contracheques, o que significa que, até 1o de abril, uma família típica começará a ter pelo menos 65 dólares a mais cada mês- disse Obama em seu programa semanal de rádio.

– Nunca antes em nossa história um corte de impostos foi tão rápido ou atingiu tantos trabalhadores americanos- ele disse.

Com dezenas de milhares de norte-americanos perdendo seus empregos em meio ao derretimento econômico global, Obama tem dito que recuperar a economia dos EUA é sua prioridade máxima. Ele tem admitido que seu sucesso, ou fracasso, nessa tarefa irá definir sua Presidência.

Jornal do Brasil

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Deputado explica motivos de críticas e nega afastamento político do prefeito Romero Rodrigues

Após formular críticas a gestão municipal por meio das redes sociais, o deputado federal Julian Lemos (PSL) afirmou que continua apoiando a administração do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues…

Ex-vereador de CG tentará carreira política na cidade de Cabedelo em 2020

O ex-vereador de Campina Grande Murilo Galdino (PSB), deverá transferir o seu domicílio eleitoral para a cidade portuária de Cabedelo. Murilo que é irmão do presidente da Assembleia Legislativa, o…