O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), disse a imprensa que nesta segunda-feira (14) os interventores nomeados para os hospitais Metropolitano, em Santa Rita e o Regional, em Mamanguape, assumem o cargo dentro das instituições.

A intervenção foi determinada pelo governador após a Operação Calvário, da Polícia Federal, apontar irregularidades na gestão dos hospitais. Para o Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, o interventor nomeado foi o Coronel Bombeiro Lucas Severiano de Lima Medeiros e para o Hospital Geral de Mamanguape, Gilson Mauro Costa Fernandes.

João Azevêdo garantiu que a transição ocorrerá de forma tranquila e sem prejuízos para a população. Ele destacou que o que importa é a continuidade e qualidade do serviço. “Será da mesma forma que ocorreu no Hospital de Trauma [de João Pessoa], que nenhum dia, em nenhum turno, deixou de atender a população”, disse o governador.

 

Redação   

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: Cartaxo não leu Darwin e coloca sua própria evolução política em risco

“Publicada em 1859 pelo cientista britânico Charles Darwin, a obra “Sobre a origem das espécies através da seleção natural” introduziu pela primeira vez a ideia da evolução por meio da…

Veneziano afirma que MP 905/2019 ‘gera prejuízos ao trabalhador’

Após votar contra a ‘Reforma Trabalhista’, que trouxe diversos prejuízos aos direitos dos trabalhadores, o senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) afirmou, neste sábado (16), que é contra trechos da…