A Paraíba o tempo todo  |

Nacional do PDT confirma intenção de lançar Lígia ao Governo da Paraíba e já mira aliança com PT e PSB no Estado

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, confirmou nesta quinta-feira (23), em entrevista ao programa Arapuan Verdade, a intenção do partido lançar o nome da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) como candidata ao Governo da Paraíba nas eleições de 2022.
Entre as qualidades de Lígia, Lupi citou o êxito da vice-governadora, seja na vida particular, seja na vida empresarial.


“Nosso projeto é ver a Lígia Feliciano candidata a governadora. Conheço a Lígia há muitos anos, é uma mulher que tem um êxito na sua vida particular, uma empresária exitosa, já tem dois mandatos como vice-governadora, uma mulher honrada, preparada. O nosso projeto, o PDT quer e eu estou apelando muito isso a ela que ela seja nossa candidata a governadora numa aliança muito ampla que dê a Paraíba a oportunidade de ver uma mulher governadora, uma mulher preparada, uma mulher de fibra, uma mulher corajosa. O nosso projeto é ver Lígia Feliciano candidata ao Governo e se Deus quiser governadora do estado da Paraíba”, disse.


Lupi adiantou, inclusive, que a própria Lígia já tenta viabilizar uma aliança com outros partidos para oficializar a postulação. As siglas cobiçadas são PT e o PSB.
“Ela está conversando com as possibilidades de aliança, conversando com nossos irmãos do PSB, do PT, do PSD, ou seja, ela está tentando viabilizar uma aliança para poder ser candidata. Ela não afirmou ainda que é, porque ela vai depender muito de costurar uma aliança que fortaleça o nome dela. Mas eu acredito muito nessa candidatura, acho que ela tem muita capacidade de articulação, é uma pessoa que faz muita unidade, trabalha com carinho e com amor e eu tenho muita segurança que a Lígia será nossa candidata e a futura governadora da Paraíba”, ementou.


Questionado se existiria viabilidade para que esta postulação com PT, que tem o presidente Lula como candidato, o PSB, que também apoia o nome do petista, Lupi garantiu que não há empecilhos, e que divergências pontuais vão acontecer em vários estados.


“Claro que existe a possibilidade dessa aliança ser feita com o PSB e o PT porque estamos fazendo essa aliança em vários estados. As candidaturas nacionais podem ter divergências pontuais, mas elas não afastam. Isso é briga de primo, a gente briga mas é da mesma família, a gente não se separa, a gente mantém a linha de pensamento parecida. Tanto na Paraíba podem apoiar ela, quanto em outros estados nós do PDT podemos apoiar o PT ou o PSB. Não existe nenhum veto a isso. Nós temos é que viabilizar o projeto para o estado”, concluiu.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      9
      Compartilhe