Por pbagora.com.br

Candidato à prefeitura de João Pessoa pelo Democratas, o ex-deputado estadual Raoni Mendes minimizou os números das pesquisas Ibope e Consult, divulgadas nas últimas semanas, que o colocam fora do segundo turno do pleito e destacou que tanto se projeta entre os dois postulantes mais votados, como também já decidiu quem irá vetar de seu palanque.

Segundo ele, qualquer postulante que seja indiciado ou citado por corrupção não terá espaço na campanha do segundo turno nem no seu futuro governo, incluindo, inclusive, o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), de quem já foi aliado.
“Todos àqueles que estão envolvidos em corrupção não estarão no meu palanque, todos que nós já conhecemos, todos citados. O próprio Ricardo Coutinho não estará no meu palanque, todos os outros que já foram indiciados por corrupção também não estarão”, antecipou.

Mendes explicou que para fazer uma nova política não se pode olhar para trás, por isso, cortará qualquer possibilidade de ligação com os que praticam atos antidemocráticos.

“Para fazer a nova política não dá para ficar olhando para trás, eu tenho olhado o futuro, a coragem que eu tenho é dizer que não quero governar com eles. Não vou me aliar a ninguém para fazer acordões, conchavos e ocupações de secretarias”, justificou.
Sobre especificamente não se alinhar ao ex-governador Ricardo, Mendes ressaltou que, assim como outros, acreditou no socialista e acabou sendo enganado, não pretendendo repetir o erro, já que age com coragem e independência. Ainda conforme Raoni, fidelidade ele só deve a esposa e a Deus apenas.

“Eu rompi antes da Operação Calvário. Muitos nem romperam. Eu nunca tive um laço que pudesse me prender a ninguém, eu tenho independência, coragem para falar e quem vai governar não é CNPJ, eu vou ser julgado pelo meu CPF. Não vou aceitar apoios dos que estejam envolvidos nessa confusão de corrupção, essa posição é clara e independente. Fidelidade eu tenho a Deus e a minha esposa”, concluiu. As declarações do candidato repercutiram em entrevista ao programa Arapuan Verdade, na tarde desta terça-feira (20).

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Jackson confirma recuo da decisão da nacional de expulsar Anísio do PT

Passado o primeiro turno das eleições municipais em João Pessoa, o presidente da executiva estadual do PT na Paraíba, Jackson Macedo disse que vai dissuadir a direção nacional de expulsar…

Por insultar enfermeiras, Danilo Gentili vira alvo de nota de repúdio do Coren/PB

O Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Coren PB), divulgou nota na manhã desta quinta-feira (03) repudiando postagem do comediante, Danilo Gentili (SBT), que escreveu, segundo a autarquia, “calcado na…