A cidade de Patú (RN), no Rio Grande do Norte, tem nova prefeita. Evilásia Gildênia de Oliveira (PSB) venceu com 52,14% dos votos válidos o candidato Alexandrino Suassuna Barreto Filho (PMDB), que contou com escolha de 47,86% do eleitorado. O município é um dos sete que realizaram eleições suplementares neste domingo em todo o Brasil.

Evilásia é mulher do prefeito cassado da cidade, Ednardo Moura, que foi eleito no dia 5 de outubro do ano passado. Ele teve o registro cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral por ter sua prestação de contas de verbas federais rejeitada pelo Tribunal de Contas da União.

A eleição em Patú foi tranqüila, apenas uma urna que teve de ser substituída. Contudo, a Justiça Eleitoral aguarda o envio dos documentos oficiais pela Polícia Federal sobre o caso de um homem e três pessoas que foram detidos sob suspeita de compra e venda de voto a favor de um candidato à prefeitura. Evilásia deve tomar posse no dia 27 de março.

 

Terra

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Hervázio ratifica amizade por Cícero Lucena e minimiza rompimento político

Em longa entrevista concedida a uma emissora do Brejo paraibano essa semana, o deputado estadual licenciado Hervázio Bezerra (PSB) enalteceu, entre outras coisas, sua amizade com o ex-senador Cícero Lucena…

2020: deputado aliado de João defende a unificação da oposição para enfrentar candidato do prefeito Romero, em CG

Pré candidato a prefeito de Campina Grande, o deputado estadual Inácio Falcão (PCdoB), defendeu, nesse fim de semana, a unificação da oposição para enfrentar o candidato a ser apresentado pelo…