O governador José Maranhão destacou, nesta terça-feira (24), a importância da Mostra Nacional de Desenvolvimento Regional, realizada em Salvador, com a presença do presidente Luís Inácio Lula da Silva. Segundo Maranhão, a Mostra promovida pelo governo federal abre uma gama de possibilidades para as pessoas montarem seus próprios negócios, ampliando a geração de emprego e renda.

Na Mostra de Desenvolvimento Regional, no primeiro estande visitado pelo presidente Lula e pela comitiva, havia a exposição de produtos feitos com o algodão colorido, da espécie cinza, genuinamente paraibano, produzido através de pesquisas feitas pela Embrapa. Maranhão mostrou a Lula o algodão paraibano. O presidente ficou admirado com a beleza e a qualidade dos produtos. Depois foi a vez da ministra Dilma Roussef, da Casa Civil, também entrar no estande e conhecer a riqueza do produto paraibano.

Maranhão lamentou que a Paraíba não tenha tido tempo de montar um estande para participar da Mostra. Segundo informações da secretária do Desenvolvimento Humano, Giucélia Figueiredo, há cerca de três meses o convite ao Governo da Paraíba para participar do evento já havia chegado ao órgão estadual, mas o governo anterior não se preocupou e agilizar a participação do Estado no evento.

O governador Maranhão, que participou do evento a convite do presidente Lula, informou que nas próximas mostras o Paraíba será melhor representada no evento, mostrando o talento e o potencial artístico da Paraíba. “Existe uma gama de possibilidades neste programa, que são projetos de estímulo a iniciativa locais, dentro dos municípios. A Paraíba vai entrar firme neste programa”, afirmou.

Mostra
A Mostra teve a coordenação da Secretaria de Programas Regionais (SPR), com apoio da Secretaria de Políticas de Desenvolvimento Regional (SDR) e outros órgãos e reuniu governo federal, governos estaduais, prefeituras, agências nacionais e regionais, entidades da sociedade civil, organismos internacionais, fundações, universidades e fóruns de todo o país.

O objetivo foi apresentar, promover e incentivar o debate sobre a Política Nacional de Desenvolvimento Regional – PNDR, propagar as ações que estão sendo implementadas e abrir espaço de comercialização para os produtos apoiados pelos programas do Ministério da Integração Nacional, vinculadas e parceiros.

A PNDR, que foi institucionalizada em fevereiro de 2007, tem como objetivos principais a redução das desigualdades regionais e o incentivo à dinamização das potencialidades de desenvolvimento das regiões brasileiras. Como meio para alcançar esses objetivos, o MI busca promover a articulação entre as ações de diversas instituições federais, estaduais e locais, com o intuito de identificar e incentivar iniciativas que possam dar dinamicidade às economias regionais, nas múltiplas escalas de atuação daquela Política.
 

 

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Prefeito de Uiraúna paga fiança e aguarda alvará de soltura

O prefeito afastado de Uiraúna, João Bosco Nonato Fernandes, pagou fiança de R$ 522,5 mil estipulada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello. No entanto, ainda não…

“A cidade do futuro precisa de inovação, infraestrutura, Investimento e Integração” pontua Eduardo Carneiro

O pré-candidato a prefeito de João Pessoa pelo PRTB, o deputado estadual Eduardo Cerneiro, reuniu especialistas dos mais diversos segmentos para a elaboração do seu Plano de Governo. O material…