Por pbagora.com.br

Depois do deputado federal Julian Lemos, que atualmente é o presidente do PSL na Paraíba, ameaçar o deputado estadual Moacir Rodrigues (PSL) de enfrentar o Conselho de Ética da legenda e refutar a possibilidade de disputa interna na sigla, alegando falta de força política a Moacir que é também irmão do prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues, o parlamentar estadual do PSL disse que Julian é um deputado federal sem projetos e que quer eleição no PSL.

 

“Você só pode ter criticas quando se tem projetos. Para mim Julian não tem projetos de interesse do Brasil, até agora não apresentou”, disse Moacir, destacando que essa briga interna no PSL só haverá de ter fim com uma eleição para definir o novo comando estadual do partido. “Só acaba com eleição. Algum dia vai ter que ter eleição.”

 

Para o parlamentar estadual do PSL em todo partido existe eleição e um líder, bem como liderados. “Mas para ter um líder tem que ter eleição”, argumentou afirmando ainda que não promoveu filiações clandestinas no partido como afirmou Julian. “Ninguém pode proibir qualquer cidadão a se filiar. Eu não quero tomar o comando do PSL eu quero democracia. Eu quero eleição”, finalizou.

 

Redação  

 

 

 

 

 

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Notícias relacionadas

Prefeita de Bayeux pode ter mandato cassado por uso máquina pública em 2020

A prefeita do município de Bayeux, Luciene de Fofinho (PDT), mal iniciou seu mandato e já pode perdê-lo. Isso porque o Ministério Público Eleitoral ingressou com três ações de investigação…

Tucana aprova medidas restritivas da PB e em JP contra a covid-19

Viúva do ex-deputado estadual João Henrique (PSDB), morto vítima da Covid-19, a deputada federal Edna Henrique (PSDB), apesar de integrar a bancada de oposição ao governador João Azevêdo (Cidadania), disse…