O deputado estadual Moacir Rodrigues (PSL) que vem protagonizando uma verdadeira crise dentro do PSL paraibano juntamente com o presidente da sigla na Paraíba, deputado federal Julian Lemos, se furtou de comentar a declaração de Julian de que irá fazer uma festa quando ele sair do PSL.

Interpelado pela reportagem do PB Agora, Moacir disse apenas que não entrará em disse-me-disse e que não sabe o que Julian pensa sobre ele, mas que sua postura é a de seguir o presidente Bolsonaro e pensar no Brasil.

“Não sei se ele pensa ou o que pensa esse rapaz [Julian], mas o momento hoje do Brasil é de crescimento e eu não vou entrar nesse disse-me-disse” declarou.

O parlamentar também fez coro à queixa do colega de partido e de ALPB Cabo Gilberto e se queixou da forma como Julian vem comandando o partido na Paraíba.

“Partido tem que ter reunião, debate interno e eu nunca fui convocado para uma reunião” revelou.

Moacir disse ainda que a sua intenção é sair da sigla caso o presidente Jair Bolsonaro saia, mas caso isso não ocorra, ele disse que a sigla deve sofrer grandes alterações não só na Paraíba, mas em todo o País.

“Eu vou deixar o PSL e seguir Bolsonaro, no dia que Bolsonaro deixar o partido das hienas eu também deixo. Eu estou esperando o posicionamento dele, se ele continuar nós vamos mudar o PSL da Paraíba e de muitos estados” disse.

PB Agora

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Após escândalo, vereadores de Stª Rita renunciam recebimento de ‘benesses’

Em comunicado a imprensa os integrantes do parlamento mirim de Santa Rita vereadores Francisco Queiroga, Ivonete Barros, João Grandão, Galego da Boa Vista, Anésio Miranda, Sérgio Confecções, Rosa do Vaqueiro…

Ministro da Educação chama mãe de seguidora de “égua desdentada”

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, respondeu a uma usuária do Twitter chamando a mãe dela de “égua sarnenta e desdentada”. O comentário foi uma resposta a críticas que Weintraub…