Por pbagora.com.br

Eu passei três dias tendo frio e febre, febre e frio, frio e febre. Na primeira oportunidade de ver o mundo dei de cara com o vereador Fernando Milanez falante.

Mais de 5.000 mil jornalistas esperavam o vereador Fernando Milanez (PMDB) naquele enorme espaço para imprensa da Câmara Municipal de João Pessoa.

Confesso que fui atraído pela magnitude e brilho do vereador. A primeira pergunta foi feita pelo Jornalista Marcelo José. Queria saber se o nobre vereador já havia analisado o pedido de vista referente à sessão especial sobre as Barracas da praia do Bessa.

Recapitulando… O vereador Fernando Milanez apresentou pedido de vistas para analisar um requerimento de apenas uma lauda sugerindo sessão especial sobre as Barracas do Bessa na Capital, e tem mais, que ele mesmo já havia assinado. Lembrei que Milanez querendo ser um Versiani adotou tal postura semelhante aos tribunais no dia 10 de março. Ou seja, 15 dias para analisar um pedido de sessão especial. Pelo amor de Mãe Renilda!

Não suportei e perguntei se quinze dias não seria muito tempo para analisar um requerimento de uma lauda, já assinado pelo próprio vereador. Menino, para que eu fui perguntar isso?

Milanez entrou num jogo de misancênio, ficou ligeiramente alterado e quase brabo. Não sabe ele que sou movido a tentativas de crises coléricas e dramáticas na Casa de Napoleão Laureano. Isso me alimenta Milanez. Um vereador quando fica alterado, me faz contente.

Sinceramente, eu acho vossa excelência sofre da “Síndrome de Millanneza”, que acometeu frei Adelindo de Gurugí  em IX antes de RC.
 

A Síndrome de Millanneza é um tipo doença crônica que atinge políticos que são tomados por atitudes bipolares. Hora eles não sabem se são “Homens ou Deuses”. Não conseguem diferenciar um Maranhão de um Coitinho. Tem facilidades enormes como oposicionistas, mas adoram palácios. São estrategistas de mão cheia. Acreditam que são. Quase sempre sua prole presta serviços ao Rei ou Reis.

Quem sofre desta Síndrome, pode apresentar as vezes como sinais e sintomas associados a essa mesma patologia, uma enorme mania de grandeza que converge a um complexo de Jocasta. Em geral essa síndrome não caracteriza necessariamente uma só doença, mas um grupo de doenças.

Asma, bronquite, falta de ar e às vezes falta de vergonha na cara.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Redes sociais vão limitar e caracterizar propaganda eleitoral

As propagandas políticas e eleitorais serão identificadas com um selo no Facebook e no Instagram, e poderão ser ocultadas pelos usuários a partir desta semana. Ao abordar o tema, o…

PB Agora/Datavox: aprovação da gestão João Azevêdo chega a 84,1% em Triunfo

A gestão do governador João Azevêdo (Cidadania) é aprovada por 84,1% da população do município de Triunfo, na Paraíba. Os números são resultados da pesquisa Datavox/PB Agora realizada na cidade,…