O portal Crusoé publicou essa semana matéria amplarmente difundida pelo portal O Antagonista em que aponta que o deputado federal Julian Lemos, do PSL,  vê as digitais de Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, no grampo telefônico de que foi alvo, antes do carnaval, e que acabou sendo divulgado pelo portal O Globo.

Segundo o portal o Antagonista a acusação é grave.

Para  o repórter da revista que assina a matéria,  Igor Gadelha,  o deputado  federal Julian Lemos, que também preside o PSL paraibano , teria   dito a amigos que observa digitais do filho do presidente Carlos Bolsonaro no grampo divulgado da sua conversa com assessor do Ministério do Turismo, Fábio Nóbrega Lopes.

Veja: https://crusoe.com.br/diario/deputado-do-psl-ve-digitais-de-carlos-em-grampo/

 

Entenda o caso – Na conversa divulgada pelo jornal O Globo a matéria cita que Fábio tem poderes para indicar nomes para postos de direção na Fundação Nacional da Saúde (Funasa) da Paraíba e na sede regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Julian diz, no áudio, que vai conseguir três indicações. O Globo conversou com Julian, o qual informou que foi alvo de “grampo ilegal” e que vai pedir investigação do caso à Polícia Federal.

 

Uma fonte teria dito ao O Globo que, de fato, houve grampo. Julian disse ao jornal que já sabe de onde partiu e que já está coletando informações para tomar providências. Na quarta-feira (13), Julian anunciou em sua conta no Instagram que vai abrir mão da “prerrogativa parlamentar” de indicar pessoas para cargos federais.

 

Redação

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vereadora da capital é ameaçada de morte pelas redes sociais e Câmara vai acionar PF

As redes sociais são espaços valiosos para difundir propostas e ideias, mas também do lado negativo, também reflete opiniões raivosas. É nesse último caso o que ocorreu nesta terça-feira (17),…

A um ano das eleições municipais, Prefeitura de João Pessoa deve passar por nova reforma administrativa

Uma nova reforma administrativa deve ser realizada nos quadros da Prefeitura Municipal de João Pessoa. É o que revelou na manhã desta quarta-feira (18), o prefeito da Capital Luciano Cartaxo…