Por pbagora.com.br

Mesmo diante da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que concluiu o julgamento de três Ações de Investigação Judicial Eleitoral (Aijes) contra o ex-governador da Paraíba e candidato a prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB) e aplicou a pena de inelegibilidade para cumprimento imediato, o socialista garante que a sua candidatura a prefeitura de João Pessoa está firme e não será afetada. O placar foi de 6 votos pela inelegibilidade e apenas 1, do ministro Sérgio Banhos contra.

Segundo a defesa, o ‘registro de candidatura de Ricardo Coutinho foi deferido pela justiça eleitoral, tendo a decisão judicial transitado em julgado no dia 27/10/2020’.

De acordo com a nota nas redes sociais, os advogados afirmaram que a candidatura de Ricardo Coutinho foi deferida pela Justiça Eleitoral, tendo a decisão judicial transitado em julgado, não podendo ser mais cassada ou modificada.

Confira na íntegra abaixo:

A decisão proferida pelo Tribunal Superior Eleitoral nesta terça-feira não afeta candidatura de Ricardo Coutinho à prefeitura de João Pessoa nas eleições do próximo domingo, dia 15 de novembro.

O registro de candidatura de Ricardo Coutinho foi deferido pela justiça eleitoral, tendo a decisão judicial transitado em julgado no dia 27/10/2020, ou seja, essa decisão não pode mais ser cassada ou modificada, de modo que ele permanece, para todos os efeitos legais, firme como candidato a prefeito de João Pessoa.

João Pessoa, 10 de novembro de 2020.

Advogados
Igor Suassuna
Victor Barreto
Leonardo Ruffo

SL
PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ex-prefeitável de CG não descarta disputar vaga na ALPB em 2022

Após a derrota nas urnas na disputa pela prefeitura de Campina Grande nas eleições municipais desse ano, o empresário Artur Bolinha, do PSL, voltou o foco para suas empresas, todavia,…

Damião evita antecipar debate sobre 2022, mas dá senha: “O nosso lado é o do governador do Estado”

O deputado federal Damião Feliciano evitou antecipar os objetivos do PDT, sigla da qual faz parte, para as eleições de 2022, quando a Paraíba votará para presidente, senadores, deputados estaduais…