A Paraíba o tempo todo  |

Marketing Político: confira quem vai comandar as campanhas dos pré-candidatos a governador

Já notou que o assunto ‘marketing’ está cada vez mais em pauta no cotidiano? E muito se engana quem pensa que essa estratégia só é eficiente para empresas e instituições focadas na venda de um produto ou serviço. O marketing é para políticos também! Ele é o coração e a peça chave de muitas campanhas eleitorais e um forte elemento na construção de uma boa imagem política. Para falar sobre esse tema, foi procurado juntos aos pré-candidatos a governador da Paraíba, a definição dos nomes dos marqueteiros que dirigirão suas campanhas e suas biografias.

Até o momento a Paraíba tem sete pré-candidatos a governador do estado, mas apenas três já definiram a direção e marketing das suas campanhas. São eles: o senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB), o governador João Azevêdo (PSB) e o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB). Mas antes de trazer seus nomes e trajetórias é importante definir o que é Marketing Político, este portanto é um conjunto de técnicas e estratégias da área de comunicação e publicidade que possui a finalidade de divulgar ideias e ações de um político, fortalecer sua imagem e estabelecer uma conexão direta entre o ocupante do cargo público eletivo e a população.

O pré-candidato a governador e atual Primeiro-vice-presidente do Senado Federal Veneziano Vital do Rêgo (MDB), definiu como coordenador de sua campanha o experiente jornalista e publicitário José Maria, da Agência Mix. O marqueteiro ajudou a eleger Cássio Cunha Lima a prefeito de Campina Grande em 1988, Ronaldo Cunha Lima governador da Paraíba em 1990 e Romero Rodrigues prefeito de Campina Grande em 2012 e 2016. No currículo de Zé Maria, são agregadas igualmente vitórias de candidatos a prefeito de cidades de menor porte do estado e também a cargos proporcionais (deputados estaduais e federais). José Maria de Andrade, como jornalista, foi responsável, nos anos 1980, pela Sucursal da Revista Veja no Nordeste. Ele trabalhou, ainda, em eleições em Alagoas, com Teotônio Vilela, e em Pernambuco, com Miguel Arraes.

Já o governador e pré-candidato a reeleição João Azevêdo (PSB), definiu que irá continuar com o mesmo marqueteiro da sua campanha de 2018, Diego Brandy. Um argentino de 58 anos de idade, que é sociólogo e publicitário. Em 1989, estreou no ramo trabalhando para eleger o ex-presidente argentino Carlos Menen (1989-1999). Desde então, segundo suas contas, atuou em mais de 80 campanhas. Brandy migrou para o Brasil em 2000 pelas mãos do marqueteiro João Santana, um dos “monstros” do marketing político. No Brasil, ele brilhou como consultor político a partir de 2006. Neste ano, virou o “guru” do então governador pernambucano Eduardo Campos (PSB). O argentino é fundador e sócio do Cipec (Centro Integrado de Pesquisa e Comunicação), sediado no Recife, onde mora.

O filho do ex-senador Cássio Cunha Lima, o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB), definiu como marqueteiro, o publicitário Jader França e o jornalista César Rocha. Nas suas biografias os dois têm histórico de campanhas com o PSDB paraibano, tendo, por exemplo, trabalhado na campanha do ex-governador Cássio Cunha Lima ao Senado, em 2018, e do deputado federal Ruy Carneiro à prefeitura de João Pessoa, em 2020. Vale ressaltar que eles foram os vencedores, no ano passado, do Polaris Awards, prêmio dado a campanha eleitoral, gestão pública e assuntos públicos. A premiação foi entregue em Londres, na Inglaterra, por meio de uma cerimônia virtual, e tem entre seus ganhadores os estrategistas políticos da Mosh Brasil e da Caisnovo Comunicação, Jader França e César Rocha, e Emanoelton Borges, da Alfa Inteligência, também responsável pela campanha de Ruy Carneiro a prefeito de João Pessoa em 2020.

Já o bolsonarista, Nilvan Ferreira (PL), apesar de não ter fechado ainda sua agencia de marketing, a que tudo indica deve selar acordo nos próximos dias com Jurandir Miranda, sócio da agência 9ideia, que foi a responsável pela campanha do então candidato a presidente da República, Jair Bolsonaro. “Ainda não fechei o contrato para fazer a campanha de Nilvan Ferreira nestas eleições. Conversei com os dirigentes do Partido Liberal. Estamos conversando e decidiremos esta semana. Vamos dialogar para ver se bateremos o martelo no máximo até sexta-feira”, disse Jurandir Miranda.

Os demais pré-candidatos a governador da Paraíba: Adjany Simplício – PSOL; Major Fábio – PRTB e Antônio Nascimento – PSTU, ainda não definiram os seus marqueteiros.

Da Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe