Uma comemoração de aniversário conseguiu unir toda a oposição ao governador Ricardo Coutinho (PSB) durante um jantar, em um restaurante de João Pessoa, na noite de ontem, sexta-feira (15). A reunião para prestigiar o aniversariante, o senador e presidente estadual do PMDB na Paraíba, José Maranhão, que no último dia 6 de setembro completou 84 anos de vida, reuniu os principais líderes da oposição no estado, como o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), do vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Junior (PMDB), além de deputados federais, estaduais prefeitos e vereadores.

 

O fato poderia ter passado desapercebido, mas nos bastidores só se comentava que o nome de Maranhão era o único que poderia unificar o bloco e assim, o peemedebista saiu do evento, mais que credenciado para ser o pré-candidato da oposição em 2018.

 

O PMDB já deixou claro sua vontade de lançar candidatura própria e Maranhão se dispõe para disputar mais um pleito no cargo de governador do Estado e a presença de tantos nomes, que um dia estiveram contra seu nome, hoje ao seu lado, talvez seja o prenúncio de uma tendência para sua aprovação em 2018.

 

Lideranças do PMDB afirmaram que Maranhão deve começar a percorrer o Estado e se colocar oficialmente como pré-candidato, assim como já estão fazendo Romero e Luciano Cartaxo, mesmo sem deixar clara a intenção de ser o nome das oposições.

 

José Maranhão é senador até 2022, já que venceu o pleito em 2014 e tem mandato de oito anos.

 

Foto: Reprodução Whatsapp

REdação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Veneziano entrega carta-renúncia do cargo de secretário-geral do PSB

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB) entrega até esta terça-feira (17), à Justiça Eleitoral, o pedido de renúncia para o cargo secretário-geral do PSB, função que foi lhe atribuída…

CPI do Feminicídio vai convocar secretários de João para debater os casos na Paraíba

Em entrevista à imprensa paraibana, a deputada estadual Cida Ramos (PSB), que recentemente teve seu nome envolvida na crise interna do seu partido, como sendo uma das responsáveis pela desunião…