Por pbagora.com.br

O governador José Maranhão (PMDB) decidiu dar uma solução técnica para um problema gerado a partir de uma portaria de cunho político. A mais nova coordenadora do Programa do Artesanato Paraibano é a professora Marielza Rordriguez Targino de Araújo, que era a responsável pelo mesmo setor no Sebrae da Paraíba.

Marielza Rodriguez substitui no cargo a arquiteta Sandra Maria Campos de Uchôa Moura, esposa do senador Roberto Cavalcanti, nomeada pelo governador José Maranhão no dia 11 deste mês. Como Ato Governamental nº 3.073, a portaria de Marielza foi publicada no Diário Oficial deste domingo.

Sandra Moura foi exonerada do cargo de Coordenadora do Programa do Artesanato Paraibano, em 17 de março, após o PB Agora divulgar que sua nomeação era irregular e feria a lei antinepotismo em vigor no Estado: ela é irmã do ex-prefeito Achilles Leal Filho, nomeado, também pelo governador como Superintendente do Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual (Ideme), órgão ligado à Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado.

De reconhecida capacidade técnica e conhecedora do Programa “Paraíba em Suas Mãos”, lançado pela ex-primeira-dama do Estado, Sílvia Cunha Lima, Marielza Rordriguez Targino de Araújo fechou parceria do Sebrae em praticamente todas as iniciativas do Governo do Estado em favor do artesão paraibano.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Eleições 2020: PMCG tem pelo menos dez pré-candidaturas no páreo

A menos de três meses das eleições, a disputa pela prefeitura de Campina Grande já conta com pelo menos dez pré-candidaturas à sucessão municipal, mas nem todas  deverão se viabilizar…

Calvário: irmão de RC também tenta se livrar de tornozeleira

Não é apenas a prefeita de Conde, Márcia Lucena (PSB), que tenta alcançar o mesmo benefício conquistado por Ricardo Coutinho (PSB) para se livrar da tornozeleira eletrônica. Coriolano Coutinho, irmão…