Por pbagora.com.br

O deputado federal Leonardo Gadelha, do PSC, tomou posse no mandato na Câmara em 31 de março deste ano e em pouco mais de um mês de mandato, já tem opinião formada a respeito do debate na Câmara dos Deputados, que propõe a alteração da Constituição para mudar as atuais regras eleitorais, com a adoção do modelo “distritão” para a eleição proporcional de 2022. Proposta essa onde a população só pode votar nos candidatos que concorrem por distritos previamente definidos, onde são eleitos os mais votados.

Para que isso ocorra, é necessário a aprovação de uma Proposta de Emenda a Constituição (PEC) que seja aprovada antes de outubro deste ano, ou seja, um ano antes da eleição do ano que vem. “É duvidoso que isso ocorra. Trata-se de uma PEC, e precisa de 308 votos para ser aprovada”, disse o parlamentar destacando, porém que o atual sistema irá acabar com as pequenas e médias siglas, como o seu PSC.

“Se, porventura, for mantido as regras atuais, será uma carnificina para partidos menores, porque os partidos maiores são mais atrativos para quem pretende se candidatar. O universo de 35 partidos não é funcional, mas haveria um momento em que os partidos não conseguiriam atingir a cláusula de barreira e, aí, poderia se fundir a outro, de modo que se chegasse a um número de sete ou oito partidos”, disse o deputado. “O distritão traz clareza ao eleitor. Para a Assembleia Legislativa, seriam eleitos os 36 mais votados. O mesmo valeria para a Câmara Federal, com a eleição dos 12 mais votados.”

Recentemente o portal fez um levantamento das proposituras do parlamentar na Câmara:

Veja detalhes:

Léo Gadelha já apresentou mais de 16 proposituras na Câmara

https://www.pbagora.com.br/noticia/politica/em-20-dias-de-mandato-leo-gadelha-ja-apresentou-16-proposituras-na-camara/

 

Redação

Notícias relacionadas

Levantamento do PB Agora contabiliza 10 nomes cotados para disputar única vaga da Paraíba no Senado em 2022

Um levantamento feito pela reportagem do PB Agora contabilizou ao menos dez nomes cotados para ingressar na disputa pela única vaga da Paraíba no Senado Federal nas eleições de 2022.…