O deputado federal Manoel Júnior (PSB) decidiu abrir as baterias contra a administração do prefeito Ricardo Coutinho, de seu partido. O primeiro alvo é a secretária de Saúde, Roseana Meira. Para Júnior, a gestão de Roseana no setor é “desastrosa”, desde o primeiro mandato, e carece de um melhor “tino gerencial”. Ele diz que, como homem público, tem o dever de exercer seu senso crítico até mesmo em relação a setores geridos por auxiliares de seus aliados.

Preservando a figura do prefeito e correligionário Ricardo Coutinho, Manoel Júnior não poupa críticas à saúde pública de João Pessoa, que tem Gestão Plena. Para o deputado federal, o fato de haver um esforço de Ricardo, dos aliados do Congresso e do próprio Governo Lula em viabilizar repasse de recursos para o setor na Capital não é suficiente para garantir eficiência e qualidade na prestação do serviço. E culpa Roseane Meira por má gestão das verbas.

Manoel Júnior, que assegura não ter a menor intenção de deixar o PSB, presidido na Paraíba por Ricardo Coutinho, diz que continuará a assumir uma postura crítica em relação à administração de Roseane Meira na saúde Municipal. Para amigos, o deputado federal – que foi vice-prefeito de Coutinho no primeiro mandato – , diz que já não teria, literalmente, o que perder na Prefeitura de João Pessoa: na semana passada, Júnior foi comunicado de que todas as pessoas por ele indicadas na prefeitura foram exoneradas de seus cargos.

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Santiago cobra aprovação do PL que garante auxílio emergencial até 31/12

O deputado federal Wilson Santiago (PTB) apresentou Projeto de Lei, na Câmara dos Deputados, que prorroga o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 até 31 de dezembro deste ano.…

Vereador do MDB/PB solicita renúncia de mandato e abre vaga para suplente

O vereador situacionista Sérgio Leal, do MDB da cidade de Tacima, no Agreste paraibano, protocolou na última quarta-feira (1º), um ofício com renúncia do cargo, faltando pouco mais de seis…