A Paraíba o tempo todo  |
CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Mais um tucano na Paraíba endossa nome de Cássio para o Governo

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Depois da deputada estadual Camila Toscano (PSDB), agora foi a vez do presidente estadual do PSDB na Paraíba, deputado estadual Ruy Carneiro endossar o nome do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), nesta terça-feira (27), como o candidato ao Governo da Paraíba pelas oposições. O apoio velado acaba abortando, em tese, as pretensões do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD) também configurar como cabeça de chapa e, de quebra, também elide o prefeito de Campina Grande do páreo.

Em entrevista ao jornalista Adelton Alves, no programa Rede Verdade, da TV Arapuan, Ruy disse que a defesa de Camila pelo nome de Cássio era “legítima”. Para ele, o senador tucano detém todas as prerrogativas para representar a oposição na disputa pela sucessão estadual na Paraíba sim.

Ainda no último final de semana o senador Cássio colocou o pé na estrada e participou de eventos pelo interior do estado em uma espécie de pré-camapanha.

No início dessa semana surgiu a informação de que PSDB e PSD haviam chegado a um consenso, com o lançamento da chapa por Luciano Cartaxo, como pré-candidato a governador, e a esposa de Romero Rodrigues, Micheline Rodrigues, como vice. A aliança abrigaria, ainda, Maísa Cartaxo, esposa do prefeito de João Pessoa, como primeira suplente de Cássio, que concorreria à reeleição ao Senado.

Já a outra vaga para o Senado seria ocupada pelo senador Raimundo Lira (MDB), que teria que mudar de partido para se encaixar a tal conjectura.

Mas nada estava certo. Isso porque, Horas depois o secretário de Articulação Política da Prefeitura da Capital, Zennedy Bezerra (PMN), desmentiu a informação e garantiu que o prefeito Luciano Cartaxo ainda não decidiu se realmente vai renunciar ao cargo em abril para participar da disputa eleitoral deste ano.

 

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe