Por pbagora.com.br

Às vésperas do início da propaganda gratuita em rádio e TV, que estreia terça-feira, o presidente Lula já fez gravações para ao menos 20 aliados que disputam governos estaduais e Senado.

Ontem, o presidente gravou 15 depoimentos no Palácio do Alvorada. Em uma das cenas, Lula aparece no hall de entrada, acenando. Nos próximos dias, ele participará de mais uma rodada de gravações.
 

Lula decidiu que entrará com força na campanha pela TV. A participação em comícios e agendas locais será menor. Ele viajará apenas para os Estados de aliados com quem se comprometeu pessoalmente.

Ontem pela manhã, Dilma Rousseff (PT) passou cerca de uma hora e meia no Alvorada, enquanto Lula gravava. Eles não fizeram tomadas juntos. Dilma gravou à tarde, separadamente, em estúdio.

Os dois comemoraram o resultado da pesquisa Datafolha, que colocou a petista pela primeira vez à frente do tucano José Serra (41% a 33%) e a três pontos de uma vitória no primeiro turno.

Humildade

Mas publicamente Dilma adotou discurso de humildade. Disse que não haverá ca campanha "salto alto, soberba ou autossuficiência". "Prefiro não tratar dessa questão [da possibilidade de vitória no primeiro turno] através de análise de pesquisa. De hoje [ontem] até o dia 3 de outubro, não tem nada decidido", disse.

Dilma afirmou ainda esperar que o resultado da pesquisa Datafolha não provoque uma desmobilização na militância petista.

Questionado sobre o resultado da pesquisa, Serra não comentou. Ele fez caminhada ontem em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, (RJ), onde também gravou para o programa de TV.

Dilma falou ainda sobre reportagem da revista "Época" desta semana, que trouxe um relato da participação dela em grupos que promoveram a luta armada contra a ditadura. "Eu não participei de ação armada. Nem sequer fui julgada por isso ou condenada", disse.
 

 

Folha online

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise – Gilvan Freire: Cássio traiu Cícero várias vezes e, junto com Aécio, tomou dele o PSDB

Numa entrevista reveladora, concedida ao programa Bastidores – ancorado na TV Master pelo jornalista Padre Albeni -, o ex-presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Gilvan Freire, contou como Cássio Cunha…

Análise: do jovem ao idoso, do pobre ao rico, Cícero reflete aceitação em todas as pesquisas do 2º turno

A apenas três dias da realização do 2º turno das eleições para a escolha do novo prefeito de João Pessoa, o candidato Cícero Lucena, do Progressistas, mostra desenvoltura em todas…