O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse esperar um mundo mais “humano” após a eventual recuperação da economia mundial, em um artigo exclusivo na página de opinião do jornal “Financial Times” desta terça-feira.

“Não estou preocupado com o nome que será dado à nova ordem econômica e social que virá depois da crise, desde que seu principal foco seja o ser humano”, diz Lula no jornal.

O texto faz parte de uma série de debates e artigos promovida pelo diário britânico sobre o futuro do capitalismo.

“Hoje ninguém ousa prever qual será o futuro do capitalismo”, afirma Lula. “Como líder de uma grande economia descrita como ’emergente’, o que posso dizer é que tipo de sociedade espero que apareça depois desta crise… Tenho esperanças de um mundo livre dos dogmas econômicos que invadiram as ideias de muitas pessoas e que foram apresentados como verdades absolutas.”

“Políticas anticíclicas não deveriam ser adotadas apenas em épocas de crise. Aplicadas com antecedência –como foi feito no Brasil– elas são a garantia de uma sociedade mais justa e democrática”, escreve o presidente.

Lula ainda descreve outras expectativas que tem para o fim da atual crise econômica global.

“(Espero que surja) uma sociedade que vai valorizar a produção e não a especulação. A função do setor financeiro será de estimular a produtividade – e ele estará sujeito a um controle rigoroso nacional e internacional. O comércio exterior será livre do protecionismo que está mostrando sinais perigosos de estar se intensificando”, diz.

Lula também menciona suas esperanças de uma reforma nas organizações multilaterais e de um novo sistema de governança global.

Em boa parte do artigo, o presidente também relembra sua infância no interior de Pernambuco, o início de sua vida de metalúrgico em São Bernardo do Campo (SP) e sua trajetória política até ser eleito em 2002.

“Para mim o capitalismo nunca foi um conceito abstrato”, escreve.

 

Folha Online

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Em hipótese nenhuma”, avisa Manoel Jr sobre tese de desistir da disputa

Em resposta as declarações recentes da secretária de Planejamento na Prefeitura de João Pessoa, Daniella Bandeira, que se filiou ao Partido Verde, encabeçado na Paraíba pelo prefeito de João Pessoa…

Podemos de CG se reúne e ratifica nome de Ana Cláudia como pré-candidata a prefeita

O Podemos esteve reunido em Campina Grande ontem, 17, oportunidade quando foram tratados temas específicos para as próximas eleições e que contou com as presenças da pré-candidata a prefeita pelo…