Cotado para a presidência da comissão que analisará o processo deimpeachment da presidenta Dilma Rousseff no Senado, o senador Raimundo Lira (PMDB-PB) reafirmou em entrevista a Agência Brasil, que tem apoio tanto de governistas quanto de oposicionistas para assumir o posto.

Antes de ser indicado pelo PMDB para presidir a comissão, Lira se disse favorável ao impedimento da presidenta, mas, desde então, evita falar sobre o assunto e procura mostrar-se isento.

“Houve manifestação dos seis blocos da comissão, e todos compõem com a minha presidência. Portanto, estou tranquilo: presidirei a comissão doimpeachment”, afirmou Lira.
Segundo o senador, a reunião visa apenas a prepará-lo para eventuais questões de ordem que possam surgir durante as sessões.

Raimundo Lira reiterou que as declarações nas quais mostrou-se a a favor do afastamento de Dilma não comprometerão a forma isenta com a qual pretende conduzir os trabalhos da comissão.

“A partir da indicação para a comissão especial tenho de ter posição de total isenção. Não posso fazer nenhuma manifestação sobre ser a favor ou contra o impeachment, porque perderia a condição para conduzir com total imparcialidade a comissão”, disse ele, após confirmar que pretende usar o prazo regimental de 10 dias úteis para os trabalhos do colegiado.

O apoio dos governistas a Lira foi confirmado pelo senador Jorge Viana (PT-AC). Ele, no entanto, critica o PSDB por insistir em indicar o relator das comissão.

Instalação – O parlamentar paraibano comentou que se sente lisonjeado por ter sido convocado para presidir a Comissão de Impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) e considerou que o convite é fruto do reconhecimento de seu trabalho no Senado.
Ele explicou que segunda-feira (25) vai haver uma reunião para que, na terça-feira (26), a Comissão seja instalada.
– Haverá a sessão solene no plenário do Senado, a partir das 18h de segunda e terça vamos colocar em funcionamento e iniciar os trabalhos. Segundo o rito, são dez dias úteis e faremos isso dentro do prazo para que possamos atender todas as expectativas públicas desse país – colocou



Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Hervázio Bezerra declara apoio a Guga Aragão na disputa em Bananeiras

Em entrevista concedida na Rádio Integração do Brejo na manhã desta sexta-feira, o Deputado Estadual Hervázio Bezerra declarou apoio ao vice-prefeito Guga Aragão na disputa pela Prefeitura Municipal de Bananeiras…

Romero deixa para agosto decisão sobre escolha do sucessor em CG

Os pré-candidatos da base aliada do prefeito Romero Rodrigues (PSD) terão que aguardar mais alguns dias para saber quem será o escolhido para disputar a sucessão municipal em Campina Grande.…