O vereador de João Pessoa, Jorge Camilo (PT), disse nesta quarta-feira (25) que está prestando solidariedade à democracia, entendendo que toda e qualquer participação de integrante partidário em cargos de governo depende da anuência do partido político no qual a pessoa indicada está vinculada.

Jorge Camilo defende que os convites a partidários, para exercerem cargos em governos, devem ser feitos às agremiações partidárias e não a políticos ou parlamentares, isoladamente.

Apesar de emprestar toda solidariedade à administração Maranhão III, Jorge Camilo ressaltou que seu partido, o PT, não se sente convidado pelo governador para compor sua equipe de auxiliares.

“O PT não se sente convidado para participar do governo, em razão de não ter sido convidado, mas sim seus parlamentares”, declarou o vereador, referindo-se, por exemplo, ao convite que foi feito pelo governador Maranhão ao deputado estadual Rodrigo Soares, para a Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer do Estado da Paraíba.

PB Agora
 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Rosas quebra silêncio e demonstra mágoas do PSB: “Falta de respeito”

O ex-presidente do PSB na Paraíba, Edvaldo Rosas, viu com naturalidade a nova formação da executiva do partido no estado,  ocorrida após a sua saída oficial e desejou sorte ao…

“A simpatia de Galdino pelo Avante também fortalece a minha escolha” diz Felipe Leitão

O deputado estadual Felipe Leitão (Democratas) que esteve recentemente em evento nacional do Avante em Salvador, ao lado dos parlamentares paraibanos que pertencem à sigla e do presidente da Assembleia…