Por pbagora.com.br

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), usou suas redes sociais para relembrar o dia 31 de março de 1964, data em que foi dado um golpe de estado no Brasil e que culminou, no dia 1.º de abril com um golpe militar que encerrou o governo do presidente democraticamente eleito João Goulart, também conhecido como Jango.

João frisou que o dia não pode ser esquecido, porém fez questão de reforçar que a lembrança serve para que jamais o que ocorreu no passado, volte a acontecer no país.

De acordo com João o regime ditatorial vivido no Brasil por 21 anos é um passado que ele, assim como a maioria dos brasileiros, não quer ver de novo, nem no presente, nem no futuro.

O gestor ainda pregou a democracia e liberdade.

“Hoje, 31 de março, é um dia para ser lembrado. Que esteja em nossa memória um passado que não queremos ver de novo, nem no presente, nem no futuro. Democracia e liberdade, sempre” declarou.

PB Agora