O governador da Paraíba, João Azevêdo, durante entrega de obras no Brejo da Paraíba, comento em tom de desabafo o texto levado à Assembleia Legislativa para a reforma da Previdência do Estado.

João ressaltou sua responsabilidade com os paraibanos e ressaltou que a reforma é mais do que necessária e precisa ser feita. “Sou governador do Estado, tenho responsabilidade para com o Estado e com toda população, e não vou quebrar esse estado simplesmente para fazer demagogia, para dizer que não precisa fazer reforma. Precisa fazer essa reforma, essa adaptação por conta da legislação, precisa fazer a previdência do Estado, precisa ser cuidado”, declarou João.

O chefe do Executivo paraibano pontuou que não se submeterá a acordos e nem terá suas decisões influenciadas. “A discussão de demagogia, da hipocrisia, eu não faço. Estou para governar, não estou para fazer acordo com meia dúzia, como queriam que fizessem. Estou aqui para dizer que não serei fantoche de quem quer que seja. Vou continuar governando esse estado, tomando as decisões”, afirmou o governador.

 

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Presidente do Podemos assume liderança da bancada de oposição na CMCG

A bancada de oposição na Câmara Municipal de Campina Grande tem um novo líder. O presidente do Podemos, vereador Galego do Leite que volta a comandar a bancada oposicionista na…

Moradores denunciam atraso em obra na falésia do Cabo Branco

Em depoimentos a imprensa radiofônica da capital na última sexta-feira (24), moradores da abrangência da falésia do Cabo Branco, reclamaram da lentidão nas obras de contenção marinha da falésia. As…